Como recuperar a harmonia no casamento?

7 de fevereiro de 2020 by in category CASAL with 0 and 0

blog_casamento

Alguns casais demoram a perceber os sinais de que o relacionamento está desgastado ou têm dificuldades em lidar com eles, então, um belo dia concluem que estão com uma crise no casamento.

Com a rotina e o passar dos anos é normal que algumas coisas não sejam mais como antes. Assim os momentos reservados podem acabar se tornando cada vez mais raros, afetando a saúde do relacionamento.

Além disso, dividir o mesmo teto também implica em compartilhar tarefas, responsabilidades com a casa, assuntos financeiros, educação dos filhos, etc; e todas estas questões da vida prática interferem diretamente na harmonia e nível de satisfação dos cônjuges.

5 dicas para manter o equilíbrio no casamento

Ter zelo e dedicar-se à relação é fundamental para que as coisas funcionem de forma harmônica e prazerosa para ambos. Afinal, o que se espera de um casamento saudável é que haja reconhecimento e que exista espaço como indivíduos mas “trabalho” em parceria, respeitando os limites e fazendo algumas concessões ao outro. Para isso, alguns pontos são fundamentais:

1 – Diálogo: nenhuma relação, seja ela conjugal ou não, sobrevive se não houver uma comunicação clara. Muitos problemas poderiam ser evitados ou tomariam uma proporção menor se cada um colocasse de forma sincera e respeitosa suas insatisfações, opiniões e questionamentos. Nunca espere entendimento sobre o que você está pensando ou sentindo se não falar sobre o assunto. Buscar entender o que o outro quer dizer e/ou está sentindo é essencial também para que ele se sinta acolhido e ouvido.

2 – Confiança: confiar envolve estar seguro em relação às decisões e escolhas do outro de forma geral, mas principalmente no que se refere ao que você mesmo sente. Se questione sobre o porquê das desconfianças e do mal-estar. Na ausência da confiança, quem ocupa o espaço é o ciúme excessivo, que pode se transformar em sentimento de posse, procurando controle todo tempo. Essa condição afeta não só o relacionamento, mas o também o bem-estar geral de quem sofre as imposições da pessoa ciumenta, podendo inclusive, configurar um sintoma de relação abusiva.

3 – Respeito: este aspecto anda de mãos dadas com a confiança. Respeito mútuo não significa concordar com tudo que o parceiro diz e faz, e sim acolher sua personalidade, olhando-o como um companheiro, buscando sempre um ponto de equilíbrio nas adversidades.

4 – Momentos a sós: a necessidade de ficar juntos não é só uma impressão. O tempo exclusivo a dois tem o papel de aproximar o casal não só sexualmente, mas também no fortalecimento do diálogo, no compromisso, cuidado, conhecimento e admiração.

5 – Encarar os problemas: relacionamentos saudáveis não estão imunes a problemas, uma vez que a vida a dois exige muito esforço e entrega. Discordâncias ou contradições certamente vão surgir, mas cabe aos cônjuges conversar a respeito e encontrar um caminho que seja bom para ambos.

Vale lembrar que o “amor perfeito” dos contos de fadas na verdade não existe. Muita gente acaba incorporando em seu projeto de vida essa idealização de “viver feliz para sempre”, sem atentar para o fato de que, na verdade, ter um relacionamento feliz significa  lidar todos os dias com as surpresas e adversidades e, mesmo assim, permanecer juntos porque são e estão felizes, ainda que alguns dias não sejam tão bons quanto gostariam.

A terapia de casal, que nunca deve ser buscada como um último recurso, também pode fazer a diferença na retomada da harmonia do casamento. Ela é um espaço onde ambos podem manifestar suas opiniões e pontos de vista, porém, com o auxílio de uma pessoa neutra que os ajudará a conduzir a conversa em direção à busca de soluções para o problema.

Não se trata de simplesmente desabafar e dizer o que sente. É uma maneira de avaliar como cada um tem contribuído ou atrapalhado para o equilíbrio do relacionamento e buscar caminhos para que ambos se sintam melhor e mais felizes, ainda que a solução seja cada um seguir seu caminho.

Você sabia que mesmo cada relacionamento sendo único existem padrões de comportamentos bons e ruins? Todo casal tem suas diferenças, mas com o empenho de ambos é totalmente possível manter uma relação equilibrada.

banner_quiz_relacionamento

Add comment

PSICOLOGIA ABERTA 2020 @ TODOS DIREITOS RESERVADOS